quinta-feira, novembro 23, 2006

Zen

Quando em tempos tentei fazer um jardim Zen (continuo sem saber o que significa) um amigo mais “especialista” do que eu disse-me que devia fazer um sim, mas aberto, sem tampa.

Ora depois de ter observado alguns para descobrir o que o meu deveria conter, ontem fiz um, nunca vi nada tão simples:

Uma moldura 3D
Pedras de Rio
3 velas redondinhas e azuis (a cor foi escolhida de propósito)
1 vela rosa (esta cor nunca se deve esquecer)
1 taça com água
plantas verdes
e uma figurinha que eu sempre gostei muito (que talvez não tenha absolutamente nada a ver com um Zen, ma que eu gosto)

e pronto já está



A seguir foi só acender


Para quem gosta de velas a arder, estes jardins são uma boa desculpa para ter sempre velas acesas.
E depois o cheirinho quando se apaga uma vela é ainda melhor, eu sei que a maior parte das pessoas diz que cheira a mortos, mas eu não sinto nada disso; só penso em fantasminhas a dançar, bruxinhas de vassoura, caveiras bem brilhantes e esqueletos a dançar … mortos não está na minha lista.

4 comentários:

crispipe disse...

Muito bonito. E em realção ás velas concordo contigo. A minha casa tem velas por tudo o que é canto e recanto.

despertando disse...

Dina os meus sinceros parabéns, está divinal... as velas assentam muito bem e realmente é tão fácil... Eu adoro velas e isso é uma boa sugestão. :))

marta disse...

Está muito bonito Dina. :0)
Smples, mas bonito e muito original!
beijos

Patixa disse...

também adoro velas! É coisa que não falta cá em casa...
Acho que vou "roubar" esta ideia do jardim Zen... posso, posso?? (",)
Bjokas