terça-feira, janeiro 16, 2007

Sei que vou tarde

Mas lá consegui preparar o diário do meu filho. Ainda não tinha conseguido fazer isso. Baseei-me nas questões que já existiam em 2005 e inventei.
Comprei um dossier A5 e depois foi só decorar.

Devia ser ele, mas é um rapaz muito ocupado e não tem muito tempo para as tecnologias.



Ele tem um diário iniciado ainda antes de ter nascido, primeiro feito por mim mas desde que foi para o J.Infância passou a ser construído por ele.
Primeiro só às vezes tinha coisas para dizer, depois começou a querer desenhar, e o ano passado ele próprio queria “escrever” todos dos dias. Quando digo “escrever”, não é bem assim, era eu que escrevia o que ele me ditava.

Andei à procura nas livrarias, mas não existia o diário que nós precisávamos (em 2004 saiu um excelente), por isso tive que preparar um.

O que aqui vêm (mal) é a capa e as duas páginas diárias.
Uma página com a data, hora e local, mais um sitio para os autocolantes, que vão dizer como está o tempo e a disposição dele, e a seguir a descrição de como foi o dia:
o que gostou ou não,
o que inventou,
o que experimentou e como temos sempre um problema com a comida,
o que gostou mais de comer e beber.

Na segunda página do dia, é para ele fazer um desenho ou colagem que represente o dia que passou
e assinar.

Podem não acreditar, mas quando não se consegue ir todos os dias à escola ver o que ele já sabe fazer e não se tem tempo em casa para os trabalhos manuais, isto dá um jeitaço.
Foi assim que soube quando passou a desenhar mãos,
e quando passou a desenhar mãos com o número de dedos certos,
ou quando conseguiu desenhar a família.
Além disso descobrimos os pequenos mistérios, tipo “não gostei que o Telmo andasse sempre atrás da Joana” (tradução: Joana é a namorada e Telmo um ex-colega).

Agora é só passar à actualização “quase diária”, isto porque em dias de passeio, chega a casa a dormir.

5 comentários:

Loira disse...

Esta mt mt giro! Kd for mais velho vai adorar ler isso tudo! Eu tenho uma pasta xeia de desenhos que fazia em miuda e adoro! Imagino um diario com tantos pormenores :)

Beijinhos

PS. O miudo é mesmo giro ;)

Anónimo disse...

Que ideia tão gira! Também tenho uma coisa desse género minha, mas não pensei em fazer para o meu filho mas agora que apresentas isso parece mesmo muito engraçado para ele saber o que fez, comeu ou pensou nesse dia. Acho que também vou fazer um para o meu rebento... Obrigada por todas as ideias que já me deste. F.

despertando disse...

Está soberbo, e o miudo está de parabéns por ter uma mãe como a que tem rsrs.
Vai ter muitas coisas para mostrar aos filhos quando for crescido.
Claro que para as bandas onde vivem ha tanta coisa linda que o miudo só tem é de vir a dormir para casa.
Felicidades para a família.
Continua com esses trabalhos lindos.
Bjs

Patixa disse...

mais uma vez digo que o teu filhote é um sortudo!! Quantas são as mães que têm paciência de fazer estes trabalhinhos para acompanhar o desenvolvimento dos filhos?!
Grandes ideias!! (",)

Bjokas

C Guerreiro disse...

fantástico... não vendes?