quinta-feira, outubro 16, 2008

Tem dias

Tem dias que bastava serem segundos, era mais do que suficiente para tudo o que acontece.
Tem outros que mereciam ser anos, se considerarmos tudo o que se quer aproveitar, fazer, sentir.

E depois ainda existe aquela época do ano que devia ser eterna, o nascer do sol no final do primeiro mês de Primavera.
Aquele momento que ainda não é dia, mas também não é noite. Sem frio e com excelentes perspectivas de calor.

Não sei como ia encaixar neste nascer do sol permanente os preparativos natalícios, ou melhor seria fácil prepará-los mas nunca chegaríamos à Noite de Natal, mas também não fazia mal, o giro é tudo o que se faz antes, eu fico sempre triste depois da noite de Natal porque acaba depressa demais para aquilo que eu invisto nela.

Agora perguntam vocês, o que é que eu tenho para estar a dizer tanta parvoíce junta. Eu explico… tenho SAUDADES da Primavera e no nascer do sol quente.

E estive a fazer contas e faltam ainda muitos e muitos dias para a próxima Primavera e nem o Natal pelo meio me está a dar alegrias.

Ai se eu fosse rica!!!!!!
Além de viver no Paraíso da Primavera tinha um quarto destes virado para o nascer do sol


Da Interior Design, Home & House Design, Furniture

1 comentário:

liliana_lourenco disse...

Olha eu também tenho saudades do nascer do sol quente...

Agora não sei se tem muito a ver, não deve ter, mas não interessa.
Eu no outro dia vi na televisão, que existem pessoas que sofrem de depressão.. tem um nome específico mas eu não me lembro, mas sei que sofro disso.

Resumindo, eu durante os meses de Outubro a Março/ Abril, ando sempre meio deprimida. :-| Tenho falta de sol... e se falam um bocado mais alto comigo.. fico triste. :-|
Prontos... sou doida mesmo.

Se fosse rica também gostava de ter um quarto desses, com muito soooooool o ano inteiro!!!! :D

**