sábado, janeiro 24, 2009

A verdadeira história

Era uma vez uma linda donzela que costumava passear no jardim


Enquanto ela passeava o jardineiro da casa ia-se apaixonado cada vez mais por ela


Mas a mãe da donzela


desconfiou do que estava a acontecer e mandou o jardineiro embora, com ordens para nunca mais voltar.

Entrando pelos maus caminhos e ficando em más companhias o jardineiro acabou em assassino por contrato, do pior que havia, ou melhor, era um assassino de primeira categoria


Até que foi apanhado e feito prisioneiro.
Num dos seus recreios na prisão viu passar uma linda … ui, não era donzela pela certa, mas era linda e elegante.


Uma menina que acabava de sair do cabaret, parecia que deslizava em vez de andar.
O agora prisioneiro ficou mais uma vez de coração a bater.
E como não podia deixar de ser esta história também tem um duende e bom.
O duende vendo que estava ali a oportunidade de o agora prisioneiro encontrar o bom caminho lançou os pós de perlimpimpim para cima do prisioneiro.


De tal maneira resultaram, que ele voltou a fazer aquilo que gostava jardinar.
Tanto tratou do jardim que conseguiu um lindo vaso de rosas.


Agora só tinha que esperar pela menina do cabaret e oferecer-lhe as tão lindas rosas.


Não estando ela habituada a que lhe oferecessem tantas rosas, logo se apaixonou pelo jardineiro.
Esperem, ainda não é agora que vamos entrar no … viveram felizes para sempre.
Era preciso a casamenteira (também há sempre uma nas histórias).


E aqui está ela a nossa já conhecida D.Aranha.
Agora sim, a menina do Cabaret e o Jardineiro-Assassino viveram felizes para sempre continuando cada um a fazer o que gostava mas sempre unidos pelo coração.

FIM

5 comentários:

Devaneante disse...

Fantástico!!! Lindo!!! :-))))

Fenix disse...

Que espectáculo!
Para além de teres imaginação e talento manual também tens o dom da palavra e de contadora de estórias!

Bonito!
Gostei!

Abraço
Bom fim de semana!

Rosa Clara disse...

Tu não páras de me surpreender!
Simplesmente fantástico!!!!
Adorei o enredo e as personagens :)
Bjs

Cristina Pedro disse...

Que dizer????
Amei!!!!
Confesso que estava à espera de algo fantástico....mas ainda assim me surprendeste....

isabel rocha leite disse...

Gosto muito das tuas personagens,sobretudo do xaile,adorei!
È realmente um trabalho fantástico e já utilizo o forno de casa na opção de refrescar (só vento) para secar mais depressa!!
Até breve!!