terça-feira, outubro 30, 2007

Ainda não me recompus

É verdade, descobri há dois dias que me nasceu o primeiro cabelo branco.
Do trabalho não é porque não lhe dou esse direito, por isso estou a pensar sinceramente em guardá-lo dentro de uma caixinha e oferecer aos meus “homes” lá de casa, que só esses me podiam fazer uma coisa destas.

Parece que é desta, finalmente vou ter que assumir que está na hora de passar a frequentar o “chá das 5”, ir aos tratamentos de pele, aos tratamentos sei lá de quê mais e mudar o guarda-roupa.

Ora isto visto assim só pelos títulos está a parecer-me que vai sair caro, muitoooooo caro, mas desta vez não me vou preocupar porque se não era para gastar dinheiro então não me tinham feito cabelos brancos.

Eu que sempre disse que depois dos 40, iria frequentar os “lugares de senhora séria” e passar a usar jóias, nunca tive coragem para o fazer, mas não há nada como um bom empurrão e o que pode haver melhor do que o primeiro cabelo branco?

Será que é desta que vou pintar o cabelo de azul-turquesa ou mesmo verde alface?

Já estou curiosa

2 comentários:

Bichodeconta disse...

E eu que aos dezoito anos já tinha alguns cabelos brancos, habituei-me a que pesam exactamente a mesma conta que os outros.. E dão algum charme.. Já tive cabelo , cor de cenoura, mais louro mais castanho mais sandre, .. Essa decisão de aos quarenta arrumar as chuteiras, não me parece uma grande ideia.. Quarenta anos, tem mais de meia vida por viver.. Aproveite.. UM ABRAÇO..

liliana_lourenco disse...

:) Os cabelos brancos não querem dizer rigorosamente nada... Eu também já apanhei um ou outro na minha cabeça e ainda "só" tenho 29. :) O que conta é o interior e como te sentes por dentro. E do pouco que te conheço, de certeza que te sentes linda, jovem e maravilhosa e assim vais continuar por muito tempo!! :)
** ** **