terça-feira, setembro 01, 2009

Dá-me asas!

O papel dá-me asas à imaginação, é o que é.

O objectivo era fazer nova marioneta em biscuit, desta vez grande. Para isso tinha que fazer as bases em papel, comecei pela cabeça.
E aqui começou o descalabro, ora bem a cabeça é redonda, muito bem, mas então faço já as orelhas, ora eu gosto de orelhas grandes.

As orelhas grandes ficaram com aspecto de totós, hmmmm então tenho que lhe fazer caracóis...
Então mas como a vou agora segurar? Bolas já não sei usar o biscuit para a marioneta que queria fazer.
Parece que vai ficar outra vez uma boneca de papel
Agora não faço ideia como vai sair o corpo, mas também nem vou pensar, já sei que vai sair sempre diferente.



Depois veio a minha criança que também queria experimentar fazer um boneco de papel.
Queria fazer um fantasma. Muito bem, começa pela cabeça que depois logo fazemos o corpo.
A cabeça chegámos lá, o corpo foi mais dificil, pensámos e a forma mais fácil de fazer o vestido do fantasma era fazer um cone.
Depois do cone feito ... - e como junto?
- Deixa estar, eu ajudo.

Juntei o corpo à cabeça, primeiro comentário da criança - parece o drácula!
- tens razão, vamos fazer-lhe a gola



E pronto, nem eu nem ele conseguimos começar e acabar o mesmo projecto.

2 comentários:

Anónimo disse...

Eu sabia que não precisavas de dicas ;)
Pode não ser o que pensavam inicialmente, mas prometem os dois :)
Rosa Clara

liliana_lourenco disse...

eheh! :P

Tal mãe, tal filhote! :)

**