quinta-feira, abril 10, 2008

Recebi uma encomenda, tra lá lá

Já a esperava, mas andava perdida pelos CTT, desta vez não era uma conta por isso o carteiro não me achou, enfim…

Abri eu a encomenda quando deparo logo com algo que me parecia um postal, mas que era fino de mais para ser um cartão…



Afinal era um papel de carta, que eu devia ter achado horroroso, mas que não achei, cheguei a pensar que tinha sido feito pela própria mas depois de ter lido o fim da carta (leio sempre primeiro o fim)



Achei que andava com uns gostos um bocado estragados, ou melhor um pouco para o antigo, afinal já gostava do mesmo que as avós.

A seguir li o resto da carta (ups, alguém que escreve tanto quanto eu) e que tem um estilo que é um espanto, nada de formalismos.



Comecei a desembrulhar com tudo atrás de mim a olhar (eles ficam muito inveja, apesar de não assumirem.

Continuei pelos embrulhos pequeninos (também é mania)





e achei feltros pequeninos para os meus cartões, bonecas e ATCs, molinhas e uma pregadeira flor, que está o máximo mas é para os meus casacos.

Depois encontrei uma fita-cola que era o máximo, cheia de maças e com frases muito giras



Agora vem aquela parte particularmente estranha, porque é assim, acertarem nos meus gostos porque eu os descrevo, agora descobrirem que eu estou a precisar de creme para rejuvenescer?

Ai já começo a desconfiar, a Mózinha de certeza que já me viu



Mas havia muito mais que na imagem de conjunto fica assim



Podem roer-se, eu vou fingir que não vejo.

3 comentários:

Filipa disse...

Mas afinal quem te escreveu a carta???

Não percebi nada...

Bjs
Fi

liliana_lourenco disse...

:) Tudo tão bonito! :)

**

Adliz Jamile disse...

Nosaaaaa, quanta coisa legal!!!
Então, eu fui lá no Blog da Fi e realmente, ADOREI a Lili... Tá vendo vc inspirando todo mundo, rs!!!!
Beijinhos, Adliz!