segunda-feira, setembro 11, 2006

De A a Z

Ora bem, viajando pelo “Ouvinte” (já agora um aparte, sabem que existe outro blog com o vosso nome "bolinhas de sabão" ? eu enganei-me e fui lá ter), achei que eles estavam a fazer um exercício engraçado, tentei as 3 primeiras letras e já tinha quase um livro !!!
Por isso para mim serão dois exercícios em um, descrever uma palavra/significado em cada letra e … resumir.
Vamos ver se isto não terá que ser em vários capítulos.

A – analfabeto (ser … o pesadelo que me acompanhava até ter aprendido a ler na 1ª classe)
B – birra (o que mais me chateia numa criança, mas que por vezes tenho muita vontade de fazer)
C – cão (os meus cães, os cães que quero ainda ter, os que gostava de ter, os que gostava de salvar)
D – … eh pá, aqui só me lembro de “Dina” (eu e muito eu, cheia de eu)
E – erva (campos verdes, cheios de erva alta a balançar com uma brisa quente)
F – Francisco (o meu avó)
G – giro/gira (uma palavra que utilizo várias vezes ao dia e que não me canso de usar sempre que me agrada alguma coisa)
H – hipopótamo (a minha HippA, e todos os outros hipopótamos que aparecem nos programas sobre animais, que não me canso de ver)
I – igreja (imponentes, gosto de as visitar quando estão vazias, e onde gosto de me sentar mas sempre sozinha)
J – janota (um gato vaidoso e janota)
K – king (of de home – o meu Malaquias, o meu “senhor” cão)
L – lua (cheia, brilhante, misteriosa, luar)
M – mar (grande, azul, com reflexos de sol, pacifico, calmante)
N – nariz (um dos sentidos que “mexe” mais comigo chega pelo nariz, sou capaz de passar pelos mais variados sentimentos baseando-me só em cheiros)
O – oh! Que lindo, que magnifico, que estrondoso, que giro, …
P – pequeno (a pequenez de algumas pessoas que me irrita até ao fundo da minha alma)
Q – queijo (muito, de todas os sabores e cheiros)
R – rua (onde gosto de passear, ver, sentar-me, pensar)
S – sol (muito, quente, brilhante, que enche …)
T – teia (pendurada num ramo de árvore com gotas de água e o sol reflectido, encanta-me)
U – uva (cachos, gosto de os segurar na mão, gosto de sentir como as uvas são unidas num cacho apesar de se afastarem umas das outras)
V – ver (tudo e todos, sem ninguém me ver a mim, saber)
W – witch (gosto de bruxas, bruxinhas, magia, fantasia, caldeirões, gatos pretos, corujas, aranhas, teias)
X – xaile (preto, de linha com reflexos de prata)
Y – de grego (Grécia, artistas, …)
Z – zangado (desde há uns tempos para cá sinto-me zangada com a maioria das pessoas que habitam este Mundo).

E pronto, esta sou eu – HOJE –
Amanhã poderei ser completamente diferente ou melhor as letras significarão outra coisa qualquer, eu serei sempre a mesma.

1 comentário:

Silva disse...

Oi adorei ver o teu desafio a ser superado!!! muito bem! estás a ver como conseguiste:)

não sabia que havia outro bolinhas de sabão!!!;(

beijinhos grandes