quinta-feira, fevereiro 23, 2006

Hoje não tenho nada para dizer

É verdade, estou em baixo de forma (aquilo a que se chama "monga"), e devia estar felicíssima porque amanhã entro nos “enta”, ou seja vou passar a ser uma senhora respeitável que está a pensar seriamente virar loira, afinal a maioria das mulheres Portuguesas com mais de 40 anos são loiras.
Mas nada disso, estou chateadíssima e ando a empurrar-me a cada minuto que passa. Que raio de dia.

Em todo o caso descobri um poema que reflecte muito o que me vai na cabeça. Fernando Pessoa, no Cancioneiro

"Tenho Tanto Sentimento"

Tenho tanto sentimento
Que é frequente persuadir-me
De que sou sentimental,
Mas reconheço, ao medir-me,
Que tudo isso é pensamento,
Que não senti afinal.
Temos, todos que vivemos,
Uma vida que é vivida
E outra vida que é pensada,
E a única vida que temos
É essa que é dividida
Entre a verdadeira e a errada.
Qual porém é a verdadeira

E qual errada, ninguém
Nos saberá explicar;
E vivemos de maneira
Que a vida que a gente tem
É a que tem que pensar.


Pronto, eu ando na “vida de pensar” o que me cansa, porque gosto mais da que é “vivida”.


Bom dia para vocês!

6 comentários:

Alentejano disse...

Parabens e muitas felicidades...

VENTOS DO DESERTO disse...

Parabéns Dina.

Não é assim tão mau os "entas", olha que eu já entrei e estou bastante contente. Consegues ver a vida de outra forma, com mais clareza, com mais calma e compreensão.
Muitas felicidades e um grande beijo

Filipa disse...

Ola Dina, obrigada pela visita!
... muito recentemente conheci uma pessoa de 42 anos (que é um dos meus companheiros de apartamento em Barcelona) que vive a vida de uma forma completamente fora dos pré-conceitos e que se sente mais feliz com a sua vida do que muitas pessoas de 25 que sabem exactamente aquilo que querem e que vão fazer amanhã...

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Parabéns!!!!
Com tanto sentimento estou certa de que amanhã será um outro dia, cheio de luz e energias positivas.
E sem nada para dizer, disseste muito....obrigada

Alma Minha disse...

Parabéns para a menina Dina!
Julgo que os "entas" não seja assim tão mau...
Afinal é sinal que já viveste estes anos todos...
O que importa é o que está cá dentro... e tu mostras ter uma grande riqueza interior!
Mais uma vez, Parabéns!

Anónimo disse...

Também eu já fiz 40.... e a partir dessa altura esta música do Roberto Carlos toca-me muito...

"Sorriso bonito, olhar de quem sabe, um pouco da vida
Conhece o amor, e quem sabe uma dor, guardada escondida
Por experiência, sabe a diferença, de amor e paixão
O que é verdadeiro, caso passageiro, ou pura ilusão
É jovem bastante, mas não como antes, mas é tão bonita
Ela é uma mulher, que sabe o que quer, e no amor acredita


Não quero saber, da sua vida, sua história, nem do seu passado
Mulher de quarenta, eu só quero ser o seu namorado
Não quero saber da sua vida, sua história, nem do seu passado
Mulher de quarenta, eu só quero ser o seu namorado


Não importa a idade, a felicidade, chega um dia que vem.
Se ela vive feliz ou espera de novo encontrar outro alguém
Se ela se distrai, uma lágrima cai, ao lembrar do passado
Seu olhar distante vai por um instante a um tempo dourado
Retoca a maquiagem, cheia de coragem, essa mulher bonita
Que já não é menina, mas a todos fascina, e a mim me conquista


Não quero saber da sua vida, sua história, nem do seu passado
Mulher de quarenta, eu só quero ser o seu namorado
Não quero saber da sua vida, sua história, nem do seu passado
Mulher de quarenta, eu só quero ser o seu namorado


Retoca a maquiagem, cheia de coragem, essa mulher bonita
Que já não é menina, mas a todos fascina e a mim me conquista


Não quero saber da sua vida, sua história, nem do seu passado
Mulher de quarenta, eu só quero ser o seu namorado
Não quero saber da sua vida, sua história, nem do seu passado
Mulher de quarenta, eu só quero ser o seu namorado
Não quero saber da sua vida, sua história, nem do seu passado
Mulher de quarenta, eu só quero ser o seu namorado
Não quero saber da sua vida, sua história..."


http://www.blog.comunidades.net/passar-o-tempo/