sábado, janeiro 12, 2008

Entrámos no fim-de-semana

Ainda não decidi muito bem a que me vou dedicar este fim-de-semana, tenho tanta coisa que quero fazer que nem sei por onde começar.

Hoje andei a pensar que
estou sempre com saudades de qualquer coisa ou de alguém.

Quando era pequenina suspirava pelos dias de férias em casa do meu primo
Mais tarde comecei a desejar que as férias acabassem para voltar para junto dos meus colegas da escola
Depois tive o meu primeiro cão e comecei a desejar chegar a casa para o agarrar ao colo
A seguir veio o tempo em que gostava do fim de semana para ir às aulas de artes decorativas
Mais tarde ... suspirava pelos colegas de universidade, pela liberdade que sentia em ir para longe de casa, nem que fossem só 30Km
Depois de tudo isso comecei a suspirar ou a sentir falta de ar enquanto não chegava perto do meu carissimo
Logo a seguir foi mais um cão bebé a aparecer na minha vida e neste momento achei que já era muita gente a ocupar o coração, mas lá me aguentei
Vieram mais cães bebés, quase todos da mesma idade que precisavam todos de atenção ao mesmo tempo.
Passado mais uns largos anos foquei-me durante uns tempos no meu filhão, até ele fazer um ano, todos os dias sonhava que ele ia morrer de morte subita (devo ter lido tudo sobre o assunto)
O desejo de chegar a casa para o ver, deixava-me completamente desorientada durante o dia
Quando finalmente acalmei da criança voltei à "desgraceira" de ter que esperar pelo fim do dia para ver o meu carissimo (devo ser a única pessoa que gosta de trabalhar ao lado do namorado ou pior)
Logo a seguir a criaturinha pequena voltou a ficar feliz da vida por eu chegar a casa, por isso passei a ampliar o tema que me fazia querer vir para casa: o filhão e o carissimo
No meio disto anseio pelos jantares/tardes/dias de amigos
Há pouco tempo surgiu o meu fofo ELVIS, que imagino várias vezes aos dias a lamber-me o nariz ...

Isto é sufocante, acho que é por isto que as pessoas sofrem de coração e não por terem uma vida sedentária ou por comerem muito ou por beberem ou por fumarem ...
Eu acho que é mesmo por terem o coração demasiado cheio.

Tenho a certeza que uma pessoa solitária por opção vive muitissimo mais tempo do que eu, que canseira.

4 comentários:

Art&Bijux disse...

Encontrei o seu blog por acaso :) e fiquei surpresa ao ler este seu post... realmente depois de reflectir sobre ele tenho que concordar, pois comigo é tambem assim, uma correria para casa sempre que "algo chama por mim" :)
Gostei!!!
bjs

liliana_lourenco disse...

;)... também sou assim.
Sou bastante ansiosa e estou sempre ansiosa com coisas que aos olhos dos outros são autênticas patetices...

Beijos! Bom fim de semana! **

Filipa disse...

Ansiosa, é o meu nome do meio!!
LOL

Nem sei viver de outro modo!

Cristina Pedro disse...

Podem durar o dobro de ti, mas seguramente muito menos felizes.
Certo?????

Sabes o que o meu filho diz???

Mamã, tem calma, estás stressada!!!

Não estou sou, mas nem imagino ser de outra forma.

Jokinhas