sexta-feira, junho 02, 2006

Zen

Eu um dia vou conseguir acalmar e parar só num tema (no máximo 2) até lá vou inventando e gozando com o que faço.

Sempre gostei daquelas caixinhas de areia com umas pedrinhas e um ancinho, que me faziam sempre lembrar casinhas de bonecas. Nunca percebi para que serviam, mas eram giras.

Entretanto descobri que se chamavam “Jardins Zen” e além disso que eram caríssimos para o tamanhinho que tinham. Ou seja alguém me estava a querer enganar!
A solução seria fazer um … e teria que ter mais uma funcionalidade: fechar-se, para a minha criança não aproveitar a caixinha com a areia para as máquinas dela.

Resultado:



Feito com uma caixa de charutos que “roubei” a alguém durante uma festa longe da minha casa.
A caixa foi forrada com papel de veludo preto autocolante.
Levou areia cheirosa e branquinha, daquela que se coloca nas gaiolas.
Duas velinhas, uma pedra (ou cristal, para ficar mais condizente com o tema)
E um ancinho feito com uns pauzinhos que roubei à minha criança das obras dele. Espetei-lhe 4 pregos pequenos … e já está.

Não ficou perfeito, mas consegui ter um jardim Zen. O pior é que o meu espírito MUITO raramente é Zen!!!! Talvez um dia.

6 comentários:

a lice disse...

O resultado ficou interessante!:)

Bom fim-de-semana!:)

Loira disse...

Dina!

Tu és um maximo.... uma caixinha de surpresas! lol Por acaso queria era comprar uma dakelas fontes pequeninas...

Beijinhos,

Alma Minha disse...

Está lindo!
Bom fim de semana
Bjs

tulipa_negra disse...

ficou mesmo gira a tua caixinha zen (e muito mais barata!!!)
espero que te dê alguma paz interior...
bj e bom fim de semana

Rui Miguel Soares disse...

Gostei da idéia e do resultado, só retirava mesmo a tampa da caixa, fica a parecer um santuário.

BijouxKa disse...

surpreendente!
estiveste muito bem eheheh