sexta-feira, abril 07, 2006

A Pereira

A foto não está boa, foi tirada através do vidro, mas conseguem-se ver os pompons de flores brancas que pertencem a uma pereira. É uma pereira relativamente jovem que nunca teve cuidados especiais mas que mesmo assim não desiste de dar flores e peras todos os anos.

Por trás está a “nespereira da minha vida”, nunca tinha visto nenhuma tão grande, tão cheirosa quando está em flor, com umas nêsperas tão boas, mas acima de tudo, tão, tão grande, por baixo dela dá para fazer uma casa de bonecas, dormir, ouvir os pássaros e ficar escondido ;)

9 comentários:

Loira disse...

Nunca conheci ninguém com uma vida tão preenchida como tu (isto foi um elogio) :P Tenho de ir ver as vacas tambem!

Bluejustin disse...

É curioso que muitas destas árvores às vezes nascem de um simples caroço que se mandou para ali.A natureza tem destas coisas.

a lice disse...

Só para deixar um beijinho.

As Musas disse...

Que coicidencia. Hoje, e após 4 anos a minha Pereira deu flores, fiquei tão feliz de manhã que fui a correr buscar o meu marido para ele ver.

Ouvinte disse...

Já cheira a primavera, já temos as arvores em flor ... e quem me dera comer agora uma nesperas... qaundo era miudo lembro-me de ter umas nespereiras perto de casa, que assaltavamos em pequenos grupos de miudos, cada barrigada ... hummmm que saudade.

Rui Miguel Soares disse...

Eu tb já dei pela chegada da primavera, com o regresso das "velhas amigas" andorinhas, que andam devolta do seu ninho.
Somos vizinhos faz já muito tempo, mas continuam a não me dar muita confiança.

Zé Maria das Couves disse...

Olha lá, ó aldrabona!
Para teres aqui tantos elogios só pode ser uma destas possibilidades:
1 - Estas pessoas são inventadas por ti.
2 - Estas pessoas estão alcoolizados.
3 - Estão sóbrios mas ainda não foram enganados por ti.

Se eles te conhecessem ias ver os elogios.

E a loira que gosta de vacas! É mesmo coisa de loira... Enfim! Muuuu pra ti, ó loira!

dinadomingues disse...

zé maria, mais uma vez (e última) nesses termos só te deves dirigir a mim e mais ninguém, senão o teu comentário será apagado logo que detectado.

dina disse...

aos outros visitantes, lamento a presença da "melga " pensava que tinha "morrido"